Inovação na área farmacêutica

Workshop discute inovação radical na área farmacêutica



Mecanismos para facilitar que inovações radicais cheguem ao mercado como produtos, melhorando a vida da população, foram debatidos por nossa diretora-presidente, Paula Lima, em Workshop Inovação Farmacêutica. O evento foi realizado no auditório da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em Brasília.

Paula participou do painel “Desafios e oportunidades no ecossistema de inovação radical no Brasil”, ao lado de Marcos Valadares, chefe de Gestão de Portfólio da Emerge; Eduardo Emrich Soares, CEO da Biominas; e José Lamartine Soares Sobrinho, do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Positiva do Complexo Industrial da Saúde Brasileiro 4.0. A moderação foi feita por Daniela Marreco, da Secretaria da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos da Anvisa.

“Transformar ciência básica em ciência aplicada só vai beneficiar a sociedade. O fato de estarmos reunidos hoje debatendo formas de simplificar este acesso é um indicador de que importantes avanços estão por vir”, destacou Paula.

Visão das startups
A inovação desenvolvida pela Vyro Biotherapeuctis para o tratamento de tumor cerebral foi apresentada por Carolini Kaid, CEO e CSO da startup, no painel “Experiência das startups participantes sobre o Programa de Inovação”. A Vyro é uma startup da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de São Paulo.

O encontro reuniu mais de 150 participantes de forma presencial, entre servidores da Agência e de outros órgãos de governo, representantes da indústria farmacêutica, da academia e de startups brasileiras. Promovido pela Anvisa, o workshop teve a parceria da Associação Brasileira da Indústria de Insumos Farmacêuticos (Abiquifi) e o apoio da ApexBrasil e do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC).

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Claudio Rodrigues
Claudio Rodrigues
7 meses atrás

Parabéns!